Postagens

Mostrando postagens de 2018

Escritores Bíblicos

Imagem
Escritores Bíblicos
Novo Testamento 27 Livros (13 Livros foram escritos por Paulo de Tarso).
Livro Autor de acordo com
a teoria tradicional
Autor de acordo com
algumas escolas modernas
Mateus Mateus Um autor anônimo Marcos Marcos Um autor desconhecido, como a maioria dos autores cristãos Lucas Lucas Um autor anônimo João

Genealogia de Jesus no Evangelho de Mateus e no Evangelho de Lucas

Imagem
Texto por Marvel Souza
O Evangelho de Mateus apresenta a genealogia descendente de Jesus, destacando sua linhagem real. Por outro lado, o Evangelho de Lucas elenca a genealogia ascendente de Jesus, ressaltando sua linhagem natural (para ser considerado Judeu era necessário ser gerado no ventre de uma judia) e sua linhagem sacerdotal (Maria era integrante de uma família de sacerdotes).


No Evangelho de Mateus, José é descrito como filho de Jacó. No Evangelho de Lucas, como filho de Eli. Isso porque os escritores escreveram com finalidades diferentes, respaldados em leis e costumes da época. Eli, na verdade, era o pai de Maria, porém, segundo os costumes judeus e de muitas outras culturas da época, o genro integrava a genealogia da família da esposa como filho do sogro (a razão disso pode estar na crença de que o homem carregava consigo as sementes da vida, que garantiriam a perpetuação da linhagem familiar).
(Texto extraído do livro “Evangelho de Mateus Comentado”– Comentários por Marvel …

Batismo Cristão

Imagem
Pastor Marvel Souza (Pastor presidente da Comunidade Cristã IPEG)
Brasília 2 de agosto de 2018Carta Pastoral sobre o Batismo praticado pela Comunidade Cristã IPEGAos membros, congregados e simpatizantes,
 ORDENANÇAS - DEFINIÇÕES
O batismo cristão não deve ser considerado como sacramento de acordo com o que é ensinado pela Igreja Católica. De acordo com os ensinos de Jesus, o batismo é uma ordenança; a saber, a primeira ordenança das duas ensinadas – Batismo e Ceia do Senhor.          Batismo:“Então, Jesus aproximou-se deles e disse: "Foi-me dada toda a autoridade nos céus e na terra. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu ordenei a vocês. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos". (Mt 28:18-20)        O Batismo deve ser um momento de alegria no Céu, um ato solene, festivo e de grande importância para a vida do candidato ao batismo. O significado do batis…

Evangelhos Sinóticos

Imagem
Texto por Marvel Souza
Antes de ler o texto, veja: https://www.youtube.com/watch?v=Qd9kH_XtHYA
A palavra sinótico é de origem grega e significa “mesma visão” ou “ver a mesma coisa”. Os três primeiros Evangelhos (Mateus, Marcos e Lucas) são considerados sinóticos, porque apresentam os relatos dos fatos mais importantes sobre a vida de Jesus, oferecendo-nos uma visão completa do que precisamos saber sobre o ministério messiânico. Apesar de cada escritor escrever a partir de um ponto de vista diferente e para um público diferente, as informações registradas nos três evangelhos se complementam.
Provavelmente os evangelhos sinóticos são muito parecidos, porque foram baseados nos testemunhos de pessoas que viveram com Jesus:
Mateus era um dos doze apóstolos. Ele foi testemunha ocular do ministério de Jesus.
Marcos foi ajudante dos apóstolos Paulo e Pedro. Além de Pedro, ele
possivelmente teve contato com outros apóstolos.
Lucas, um amigo de Paulo, baseou seu evangelho em testemunhos oculares e …

Comentário sobre o Evangelho de Marcos

Imagem
"O Cristo é descrito como alguém que está disposto e é capaz de socorrer aqueles que necessitam".
Texto por Marvel Souza (Pastor da Comunidade CristãIPEG)
O Evangelho de Marcos é o menor dos Evangelhos e não possui nenhuma genealogia ou explicação sobre o nascimento de Jesus, como também, não fala sobre o seu ministério na Judéia, pelo contrário, Marcos narra o ministério público de Jesus na Galileia. Talvez isso aconteça em virtude da imagem do “filho do homem”, que é apresentada ao longo das narrativas. Este era o título (filho do homem) que Jesus usava com mais frequência, e aparece por catorze vezes nas narrativas de Marcos. Ao usar esse título, Jesus cumpre uma das profecias do Antigo Testamento: Daniel 7:13. O Evangelho de Marcos pode ser visto como duas metades unidas pela confissão de Pedro de que Jesus era o Messias (8:27-30) e pelo primeiro anúncio de Jesus sobre sua crucificação (8:31). Marcos enfatiza a necessidade de fé na pessoa, mensagem e poder de Jesus para so…

Comentário sobre o Evangelho de Lucas

Imagem
"No entanto, a sepultura não pode detê-lo! Sua ressurreição garante a continuação do seu ministério de buscar e salvar o perdido".
Texto por Marvel Souza (Pastor da Comunidade CristãIPEG)
A narrativa mais meticulosa sobre o ministério de Jesus encontra-se no Evangelho de Lucas, que começa contando-nos sobre os pais de João Batista, os pais de Jesus, o nascimento de Jesus e do seu primo, João Batista, a viagem de José e Maria a Belém, onde Jesus nasceu numa manjedoura, e a genealogia de Cristo através de Maria. O ministério público de Jesus, destacado por Lucas, revela a sua perfeita compaixão e perdão para com aqueles que se arrependem, como nas narrativas do filho pródigo, da ovelha perdida, da dracma perdida, do homem rico e Lázaro e do Bom Samaritano. Enquanto muitos acreditam nesse amor sem preconceitos que ultrapassa todos os limites humanos, outros, especialmente os líderes religiosos, desafiam e opõem-se aos ensinos de Jesus. No Evangelho de Lucas, os seguidores de Cris…

Comentário sobre o Evangelho de Mateus

Imagem
O evangelho de Mateus faz referência a vários textos do Antigo Testamento e se destinava ao público judeu. Mateus apresenta Jesus como o Messias prometido pelos profetas. A história de Jesus é narrada desde seu nascimento até sua ressurreição. Ademais, Mateus coloca em foco o ministério tríplice de Jesus – pregar, ensinar e curar. O encontro de Jesus com os fariseus e outros grupos religiosos da época é enfatizado no livro, pois reflete o nível de confusão religiosa que aqueles líderes viviam – Jesus os acusou, dentre outras coisas, de serem hipócritas, mentirosos, judicialistas e legalistas. Em contrapartida, Jesus prega o Evangelho da cruz, que exige renúncia, coerência com a justiça divina, amor ao próximo e apego à verdade. As pregações de Jesus atraíram multidões, seus ensinos fundamentaram o nascimento do cristianismo e as curas que operou atestaram sua autoridade. Seu nascimento aponta para o ano aceitável do Senhor; sua morte, para o dia do Senhor e sua ressurreição, para a vin…

Curso de Teologia - Bacharel e Pós-graduação (EAD)

Imagem
Já estão abertas as inscrições para o curso de Teologia Graça sobre Graça - o primeiro curso que possui em sua grade de estudos "Teologia Inclusiva Afirmativa".


Descrição do Curso de Teologia Graça sobre Graça
O nosso curso Bacharel em Teologia é Livre, estamos amparados pela Lei 9.475/97 que autoriza e regulamenta os cursos livres de Teologia no Brasil. O curso tem três níveis: 1.Primeiro Ano: Corresponde ao Básico em Teologia com 720 Horas/Aula. 2.Segundo Ano: Corresponde ao Médio em Teologia com 1440 Horas/Aula. 3.Terceiro Ano: Bacharel em Teologia com 2.280 Horas/Aula. São 12 Módulos no curso Básico, 12 Módulos no curso Médio e mais 14 Módulos no Terceiro ano, totalizando 38 módulos. O valor total do Curso é R$3.600,00, que pode ser dividido em até 36x de R$100,00 (boleto, cartão ou transferência bancária). Nesse valor está incluso o acompanhamento acadêmico, correção das atividades avaliativas, envio do material por e-mail e o atendimento com nossos professores via Skype e W…